segunda-feira, 1 de agosto de 2016

os louros a quem merece


As ditas sanções afinal só serviram para chatear. Chatearam mesmo porque os burrocratas prepotentes gostam de exibir o poder. A coisa, a concretizar-se, teria sido suez, embora haja no mercado interno quem ficaria radiante.
Passou até ver. Mas, enviemos os louros ao zé das moedas, porque se ele não se tem desdobrado em esforços patrióticos estávamos já a comer...

2 comentários:

José Lopes disse...

Louro e cravinho, bem como uma pitada de pimenta negra acabada de moer...
Cumps

Rogerio G. V. Pereira disse...

A propósito de louros
dá-me notícias do Loureiro