segunda-feira, 22 de setembro de 2014

o salsicheiro

Tem, realmente, uma imaginação fértil, de gosto muito duvidoso. Lembremos a "notável" frase de 2012  em que negava mais impostos e recusava 'pôr porcaria (merd@ ?) na ventoinha... agora, está numa de salsicheiro, evidenciando a sua grande bagagem literária. O que nos vale é que está de saída e cavalinho já tem.

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

O farsante,
não é bem um talhante
a salsicha é importada
fornecida pela Angela
a alemã, que não é uma montada

(pela primeira vez te desfaço um engano)

500 disse...

O homem é dado a arroubos, literários e não só. A salsicha (alemã?) parece jeitosa, mas os tomates estão a ficar um bocado para o madurote.

jrd disse...

´há que voltar a metê-lo na lata porque o prazo de validade já era.