domingo, 31 de maio de 2015

os talhantes cá do bairro


Aqueles que se sentiram traídos por este talhante, agora já têm, depois de quatro anos de golpadas na carne, o retrato da  atracção pelos golpes. A instrutora e o instruendo são especialistas em atalhar o veio do músculo, portanto, não se desculpem se forem retalhados... só leva no lombo quem gosta de masoquismo.

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Magarefes!

500 disse...

Ainda haverá quem compre neste talho? Ele há gente para tudo...