sábado, 13 de setembro de 2014

o investigador


enquanto não toma posse o zé das moedas faz pose... de génio, imagine-se.

4 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Se me fosse permitido copiar
Esta não me ia passar sem ter de a roubar

(mas se deres licença...)

maceta disse...

Rogerio

serve-te à vontade e podes repetir.

José Lopes disse...

Num poleiro em que já não passa cartucho às moedas, e vem montado em notas, o tipo deve sentir-se o maior cá do bairro...
Cumps

jrd disse...

Isto de estar longe deixa-me sem troco(s)...