domingo, 1 de junho de 2014

a coisa pequena


Isto não ajuda nada à governação. São os comentadores especializados de serviço nas Tvs, nos jornais, etc. ..mas, piora, sem dúvida, quando os atacantes são da mesma cor dos governantes, como é o caso deste meia-dose, sempre bem informado sobre os meandros do poder. Depois, é o Pacheco Pereira, que nem pode aparecer nos encontros políticos deles, sob pena de sair desconjutado. Mais uma achega do Marcelo sempre a dar-lhes nas canelas e fora os outros que são expulsos do partido a encher o pote da desavença. O Seguro é o mais dócil, pessoa que detesta os conflitos.
Tal adversidade, diga-se, só complica o quadro da governação, que já é sobejamente dificultado até mesmo pelo TC, sim pelo TC, inacreditavelmente...
A safa de toda esta dureza é, no entanto, aliviada pelo incansável Marco Metralha, personagem de alto gabarito e acção e que sabe pôr os pontos nos "is", desde que os is sejam minúsculos, porque o rapaz tambem é coisa pequena.

7 comentários:

500 disse...

E então, que disse agora o minorca?

maceta disse...

500

que o Costa é o maior, o que dá uma vantagem para o láparo(ao contrário)...pontapés na própria baliza.

José Lopes disse...

Mais um caceteiro que saiu da jota...
Cumps

500 disse...

Obrigado, Maceta.
O minorquinha tem que ter cuidado com o outro minorca, que tem a barba rija.

heretico disse...

tão pequeninos - todos!!!

heretico disse...

tão pequeninos - todos!!!

jrd disse...

Um é baixinho o outro...também.