quarta-feira, 26 de março de 2014

a rata, o rato e a cobaia


Muito procurei pela data de nascimento da "rata", mas a única que mais se aproximou foi o ano de 1898. Quem quiser procurá-la na wikipédia está feito. Não consta. Então, não é que sugeriu que os levantamentos bancários fossem taxados... isto não é imaginação ratal, antes, será instinto de malvadez. Bem se sabe que o rato já tinha dito que a cobaia é o melhor povo do mundo, quer dizer engole tudo sem um golo de água... mas, esta é demais. Enfiar o cacau no banco e pagar para o levantar é de quem devia estar reformado, mas com uma daquelas mínimas e mais uns comprimidos para sanar as ideias.

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Aprovo!
Desde que pague o IVA depois do uso e do consumo...
Exemplo:
como uma valente
dobrada,
comprada,
e pago em merda!

Boa?

maceta disse...

Rogério


referes-te à dobrada à moda do Porto, com enchidos?

jrd disse...

Não sei se há raticida eficaz para esta ratazana.