domingo, 23 de fevereiro de 2014

sem tino


O homem  não leu os books da estratégia, baseando-se apenas nos marketeiros de meia-tijela que o rodeiam . Se mais não houvesse, devia usar os miolos, afastando o mais possível os efeitos danosos de algumas companhias nefastas, ou seja, o que a inteligência e precaução aconselham.  Toda a gente sabe que o melhor remédio para esquecer asneiras é mesmo manter o silêncio. O homem é provocador, do género manda quem pode...

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Relvas, tem uma missão:
polarizar ódios
desviando-os do odioso das políticas e medir até onde vai a capacidade de encaixe do povo.

É uma magistral jogada!
Ninguém, durante muito tempo, falará em mais nada!

jrd disse...

É mesmo um desatino pegado, mas pega...