domingo, 17 de novembro de 2013

duas nuvens bem negras


Depois do moiro de trabalho ter afirmado que os malandros dos reformados e pensionistas não merecem o que recebem todos os meses (recebiam antes do assalto...),  eis que o alucinado debita mais uma bojarda embrulhada no seu beatismo habitual. Sorte a deles se não levarem umas bengaladas naquelas cabeças de um velho passado dos carretos.
Parece que esta crise se deve, sobretudo, a uma cambada de gajos grisalhos e fingidos, que escolheram ir para a reforma...

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Dizem que há pessoas que trazem a alma espelhada na cara, estes tem-na e é de mete-nojo!

jrd disse...

Olha que dois! O vómito e o vomitado.

500 disse...

Se o Neves se pusesse a meu jeito, dava-lhe uma valente arrochada no toutiço, que nem o César lhe valia. O gajo que está ao lado é um mentecapto que está a f... o país, sob o olhar complacente do avô cantigas, e que devia ser irradiado da política.