domingo, 10 de junho de 2012

a cesta...




Este "imigrante" canadiano passa o tempo a gabar-se de grandes (des)feitos a fazer lembrar os grandes descobrimentos. Aqui vai um provérbio:

«Gaba-te, cesta (que vais à vindima)»



4 comentários:

jrd disse...

Está na altura de o pisar...

Rogério Pereira disse...

E não se pode largar o gajo no meio do Douro vinhateiro?

É que trazer o gajo para o lagar
dá zurrapa difícil de tragar

O Guardião disse...

Essa da coesão social é uma bacorada de quem anda na Lua.
Cumps

mfc disse...

E o erro de casting... persiste!