quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

um quinto dele


Se a realidade nos conduzir novamente ao escudo não será dramático. Nessa eventualidade, uma dívida de 5 milhões de euros ( por ex) passará a ser de 1 milhão de contos, o que quer dizer que reduzimos imediatamente a despesa para  um quinto. Portanto, há males que vêm por bem... ahh, com a vantagem de o trazer sempre na carteira.

5 comentários:

O Guardião disse...

Entre a submissão à ditadura Merkozy e o regresso ao escudo, eu escolho o escudo.
Cumps

Pata Negra disse...

Se tem e doer que doa agora, eu não quero que os meus filhos sintam a dor sem mim! Haja um fdp que reconheça o erro! Isto é Portugal, não é a Euromanha!
Um abraço com mil réis

mfc disse...

hummm.... não estou a gostar nadinha dessa conversão!!

jrd disse...

Que grande coelho que tiraste da cartola!
Essa é de génio!| :)

contradicoes disse...

Se isso a acontecer
não se chamará escudo
mas também nos vai doer
e será bem no fundo

Um abraço